quinta-feira, 11 de março de 2010

São Paulo 2 x 0 Nacional

São Paulo vence mais não convence, Tricolor não impõe seu futebol, mas faz o resultado que precisava para se manter vivo na Libertadores.

Créditos Foto/Divulgação globoesporte. com

Agência/EFE

Richarlyson tenta roubar a bola de Riveros: volante quase marcou um belo gol no início do jogo

Atuações:

1 - Rogério Ceni: Foi testado muitas vezes, foi seguro em chutes de fora da area, e fez uma defesa sensacional salvando o São Paulo de uma derrota. nota 9

23 - Cicinho: Muito tímido no jogo, com algumas dificuldades na marcação. pouco foi ao ataque, não mostrou na Libertadores seu futebol. nota 5.5

3 - Alex Silva: Futebol de classe, raça, jogador de alto nível, melhor contratação do São Paulo em 2010, jogou um bolão, atento o tempo inteiro. nota 9.5

5 - Miranda: Falhou em um lance fatal, no mais foi tranquilo, até demais, fez sua função. nota 7

6 - Júnior César: Começou muito mal, nervoso, primeiro tempo deve ser esquecido, no segundo se encontrou na marcação, mostrou bom preparo físico, foi eficiente na lateral. nota 6.5

20 - Richarlysson: errou muitos passes, lançamentos, mas um coisa é certa, não se intimida na Libertadores, jogou com personalidade, dentro do seu futebol limitado jogou acima da média, chutou uma bola na trave e foi firme na marcação. nota 7.5

2 - Jean: No meio estava disperso, muito espaço na marcação, falta de tranquilidade, errou passes de 2 metros, quando foi para a lateral se soltou, cresceu um pouco no jogo, mas não fez a diferença, seu futebol está abaixo do seu nível máximo. nota 5.5

10 - Hernanes: Apagado demais no jogo, em um lance e outro, tem um toque refinado, uma jogada diferenciada, mas não apareceu para o jogo. nota 6

11 - Marcelinho: Não justificou sua vaga no time titular, não pegou na bola, quando pegou não produziu. nota 4

25 - Dagoberto: Jogou melhor do que nas últimas partidas, esteve acima da média, arriscou alguns chutes perigosos, fez a jogada do primeiro gol, cresceu no jogo. nota 7.5

9 - Washington: Com dois gols decidiu a partida com seu oportunismo, no geral foi muito bem, bons passes, mesmo isolado buscou ajudar o time, buscando a bola na meio campo, mostrou raça, ao meu ver a melhor partida neste ano do camisa nove. nota 9

Entraram:

8 - Cléber Santana: Entrou desligado em campo, não se comprometeu com a marcação, só resolveu aparecer no jogo, quando o placar saiu do zero, mesmo assim só prendeu a bola, muito abaixo do esperado. nota 5.5

18 - Rodrigo Souto: Entrou no lugar do Cicinho cansado, foi para o meio e ajudou na marcação, pouco apareceu no jogo. nota 5

12 - Fernandinho: Entrou no final e mais uma vez mostrou sua qualidade, foi pra cima da marcação com personalidade e fez o papel de garçom para o segundo gol do Washington no jogo. nota 7

Téc. Ricardo Gomes: Sacou Jorge Wagner e Xandão do time corretamente, não estavam rendendo, escalou bem o time, o resultado foi positivo, mas falta criação ao time, e exigir dos jogadores, que em determinados momentos do jogo ficam perdidos em campo. nota 5

Ficha técnica:

NACIONAL (PAR) 0 x 2 SÃO PAULO
Caffa, Ramos, Piris, Herminio Miranda e Ricardo Mazacotte; Melgarejo (Beltran), Bordón, Riveros e Carlos Ruiz (Arturo Aquino) (Ariel Bogado); Marcos Miers e Victor Aquino. Rogério Ceni, Cicinho (Rodrigo Souto), Alex Silva, Miranda e Júnior César; Jean, Richarlyson, Hernanes e Marcelinho Paraíba (Cléber Santana); Dagoberto (Fernandinho) e Washington.
Técnico: Éver Almeida. Técnico: Ricardo Gomes.
Gol: Washington, aos 13 e aos 44 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Dagoberto (São Paulo); Herminio Miranda e Rivero (Nacional).
Estádio: Defensores del Chaco, em Assunção (PAR). Público: 700 pagantes. Renda: R$ 11.574,00 Data: 11/03/2010. Árbitro: Enrique Osses (CHI). Auxiliares: Julio Díaz Pardo (CHI) e Sergio Román (CHI).



blog comments powered by Disqus